Seu browser não tem suporte ao JavaScript!
Recursos de
Acessibilidade:  
Tecle Alt+1 : ir ao conteúdo Tecle Alt+2 : ir ao mapa do site Texto menor Texto maior Contraste                 
Marília, 26 de junho de 2017
WILSON ALVES DAMASCENO - PSDB
Vereadores
19ª LEGISLATURA

Presidente Atual
WILSON ALVES DAMASCENO
CÍCERO CARLOS DA SILVA - PVDANILO AUGUSTO BIGESCHI - PSBEVANDRO DE OLIVEIRA GALETE - PODEJOÃO DOS SANTOS DINIZ NETO - PHS
JOSÉ CARLOS ALBUQUERQUE - PRB
JOSÉ LUIZ ZACHARIAS DE QUEIROZ - PSDBLUIZ EDUARDO NARDI - PRMARCOS JOSÉ CUSTÓDIO - PSC
MARCOS SANTANA REZENDE - PSD
MÁRIO CORAÍNI JÚNIOR - PTBMAURÍCIO ROBERTO - PPSILVIA DANIELA DOMINGOS D'AVILA ALVES - PR
Próxima Sessão

Sessão Ordinária

26/06/2017 - segunda-feira - 17H

Tv Câmara
Tv Câmara Agora
Tv Câmara no YouTube
Espaço Tv Câmara
Data: 31/05/2017 Hora: 15:51:07
Audiência pública apresenta os números da Fazenda relativos ao primeiro quadrimestre do ano de 2017

O plenário da Câmara Municipal de Marília realizou na manhã desta quarta-feira, dia 31, audiência púbica da Secretaria Municipal da Fazenda, quando foram apresentados os números relativos às receitas e despesas do primeiro quadrimestre deste ano. "São os quatro primeiros meses da gestão do prefeito Daniel Alonso e pudemos observar todo o esforço de sua equipe econômica para encontrar o ponto de equilíbrio entre arrecadação e despesas", analisou o presidente do Poder Legislativo de Marília, vereador Delegado Wilson Damasceno (PSDB). Os dados foram detalhados pelo secretário municipal da Fazenda, Levi Gomes, e pelo secretário municipal de Planejamento Econômico, Bruno de Oliveira Nunes. Conduzida pelo presidente Damasceno, a audiência pública contou com as presenças dos vereadores Marcos Rezende (PSD), Cícero da Silva (PV), José Carlos Albuquerque (PRB), José Luiz Queiroz (PSDB) e Maurício Roberto (PP). "Adotamos todo um conjunto para a busca do saneamento das dívidas e o fortalecimento da saúde financeira de Marília. Primeiro buscamos reduzir aquilo que era possível reduzir - um exemplo claro foi a questão dos aluguéis, dos convênios e contratos buscamos reduzir - e, ao mesmo tempo, começar a melhorar a arrecadação", pontuou o secretário Levi Gomes ao término da audiência, ocorrida entre às 9h e 11h30 desta quarta-feira, 31. 

Para melhorar a arrecadação, segundo contextualizou o secretário municipal da Fazenda, a administração Daniel Alonso está realizando a cobrança efetiva dos tributos municipais. "Estamos fazendo as coisas de forma gradativa, buscando redução de despesas e a melhora na qualidade da arrecadação", comentou Gomes. A arrecadação no primeiro quadrimestre de 2017, em comparação com o mesmo período do ano passado, apresentou melhor resultado. "Tivemos arrecadação maior de 3,4%, mas, no entanto, houve frustração na receita em torno de 3%, dá um montante de R$ 6 milhões. Em contrapartida, com relação às despesas, conseguimos contingenciar aproximadamente 7%, alcançando um equilíbrio entre receitas e despesas", disse o secretário Nunes. A audiência pública foi transmitida ao vivo pela emissora legislativa TV Câmara.